domingo, 8 de fevereiro de 2009

Ecos de Domingo

Agora é dia feito e de repente de novo domingo em erupção inopinada. Domingo é dia de ecos quentes, secos, e em toda a parte zumbidos de abelhas e vespas, gritos de pássaros e o longínquo das marteladas compassadas - de onde vêm os ecos de domingo? Eu que detesto domingo por ser oco.

Água Viva

2 comentários:

Patricia disse...

nossaaaa...eu tbm detesto domingo!!!

Duda disse...

Domingo é péssimo, um dia morto.