terça-feira, 3 de março de 2009

Bicho

Somente quem teme a própria animalidade não gosta de bicho. Eu adoro. Já tive macaco, na infância. Me dou muito bem com bicho. Eu entendo uma galinha perfeitamente, quer dizer, a vida íntima de uma galinha, eu sei como é. Me dou tão bem com bicho, você não imagina. Talvez porque sou de Sagitário, metade bicho.

Entrevista a O Globo em 29/04/1976 - fotobiografia

2 comentários:

Pensador Poético disse...

Duas coisas maravilhosas a Clarice Lispector ...Eterna !!!
E o seu blogger Vida íntima de Clarice...que nos mostra essa eternidade !!! já sou seguidor número 1 rs

Valeu DAni !

Maria Inácia Bellico disse...

Adorei essa. Clarice Lispector é adorável, escreve pouco, mas fala tudo.

Bjim*